savealgarvepalms.com

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Tratamento Profissional

O tratamento pode dividir-se em duas formas: tratamento de prevenção (este deve ser levado a cabo uma vez por mês para ser efectivo), e o tratamento da infestação.

O tratamento de prevenção é muito simples, rápido e inócuo para pessoas e animais. A chave é a consistência.

A prevenção tem que ser levada a cabo regularmente (uma vez por mês) para ser efectiva, e tem que ser administrada directamente na coroa da árvore (geralmente usando escadas e and specially-adapted hose attachments).

Os escaravelhos são astutos e parecem encontrar formas de se defenderem dos químicos usados contra eles – é por isso que se recomenda o uso de um cocktail de vários produtos, em várias quantidades, e essa é outra das razões por que é melhor esse trabalho ser feito por profissionais (uma incorrecta aplicação dos químicos pode, de facto, danificar a árvore e/pode ser ineficaz a repelir qualquer infestação.

Para já, os químicos mais comummente utilizados são Cofidor, Soleol e Actara – embora com o tempo sem dúvida que venha a mudar. Novos produtos estão sempre a ser introduzidos no mercado – e os profissionais das palmeiras recebem regularmente informação actualizada dos fornecedores e fabricantes, pois  “adquirir o produto certo” passou a significar fazer um bom negócio.

Tratamento da infestação.

Este é menos simpes e rápido, mas mesmo assim inócuo para pessoas e animais. A chave aqui, é o timing. Se você chegar à árvore a tempo, ela pode ser salva... mas se a infestação já tiver alicerces profundos na coroa, as chances são menores.

A primeira coisa a fazer é a “cirurgia da árvore”: escavando na zona afectada e removendo o máximo possível de material morto, larvas e insectos. Em seguida, é tempo de introduzir os nematóides (organismos microscópicos que comem as larvas do bicho da palmeira. Os nematóides são introduzidos diluidos em água, e a quantidade é muito importante. A Naturjardins aumentou recentemente a dosagem para 50 milhões por árvore. Parece muito, mas tem resultados... com uma dosagem menor, vimos os resultados diminuirem).

Os nematóides sozinhos, contudo, não são a resposta. Sendo criaturas vivas eles são totalmente seguros e “biológios” – mas têm um tempo de vida útil muito curto.

Nós descobrimos que a melhor forma de tratamento para a infestação implica introduzir os nematóides, seguidos dos químicos uma semana mais tarde. Este tratamento é depois repetido dentro de três semanas -  ponto a partir do qual os novos rebentos geralmente visíveis anunciam a recuperação da árvore.